CARACTERÍSTICAS DOS ANJOS

CARACTERÍSTICAS DOS ANJOS



São seres espirituais São seres espirituais e incorpóreos. - Os anjos são descritos espíritos, porque diferentes dos homens, eles não estão limitados às condições naturais e físicas. Aparecem e desaparecem, e movimenta-se com uma rapidez imperceptível sem usar meios naturais. Apesar de serem espíritos, têm o poder de assumir a forma de corpos humanos a fim de tornar visível sua presença aos sentidos do homem (Gn 19:1-3).
Que os anjos são incorpóreos está claro em Ef 6.12, onde Paulo diz que "a nossa luta não é contra a carne nem sangue, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes". Outras referências: Sl 104:4; Hb 1:7,14; At 19:12; Lc 7:21; 8:2; 11:26; Mt 8:16; 12.45. Não têm carne nem ossos e são invisíveis ( Cl 1:16).

1. São seres Criados (CL 1.16) Anjos são seres criados por Deus, subordinados somente a ele (Cl 1.16). Sendo seres totalmente espirituais, e diferentes do homem não sofrem algumas das limitações que nos seres humanos possuímos. São seres organizados e são divididos em classes (Is 6.1-3; Dn 10.13; Ef 3.10; Jd 9). Anjos ministraram a Cristo várias vezes durante Seu primeiro advento e virão com Ele em Seu retorno (Mt 2.13; 4.11; 26.53; 28.2,5; Lc 22.43; 2Ts 1.7,8). Eles servem aos crentes (Hb 1.14) e os observam (1Co 4.9; 11.10). Miguel é o único designado "arcanjo" (Dn 10.12,21; Jd 9), embora Gabriel também tenha posição importante (Lc 1.19-26). Deus jamais disse a qualquer anjo que ele era filho, somente a Cristo e a respeito de Cristo.

2. O Corpo dos Anjos A Bíblia nos ensina que os anjos são seres espirituais. (Hb. 1:14) Quando Jesus falou para os seus discípulos que um espírito não possui carne e nem osso, não quer dizer que não tivesse uma forma ou alguma espécie de corpo Lucas 24:39.os anjos possuem corpos naturais e sim corpos espirituais.

Paulo falou da ressurreição, e diz que existem corpos naturais ou materiais e corpos espirituais. (Cor. 15:40, 41; 44).

Todas as coisas neste planeta foram feitas por Deus conforme o modelo dos céus. Por exemplo: o mendigo Lázaro morreu e o seu espírito foi levado pelos anjos para o Paraíso; o rico ímpio morreu e o seu espírito foi para o inferno, o espírito deles tinha a mesma aparência ou forma, pois ambos se reconheceram – (Lc. 1 6:22-23).
 
 3. A Personalidade dos Anjos Os anjos foram criados por Deus, e para ele foram feitas todas as coisas confome nos diz as escrituras: “Pois nele foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e Invisíveis... Tudo foi criado por meio dele e para ele.” Cl. 1:16.

Os anjos são Invisíveis, mas podem tornar-se visíveis se necessário. Existem testemunhos de cristãos que sentiram essa presença. Tanto é possível Sentir-se a presença benéfica dos anjos bons ou santos, quanto a presença dos anjos malignos.

Se os anjos se alegram por um pecador que se arrepende, então eles possuem emoções. São pessoas, e somente pessoas têm emoções. Podem sentir alegria e tristeza. Eles possuem senso moral e sabem o que é certo ou errado. (Lc. 15:10).

 4. A Imortalidade dos Anjos Os anjos são seres espirituais e imortais. Jesus ao falar sobre a nossa ressurreição na sua vinda afirma que seremos iguais aos anjos, não mais morreremos.

Para os anjos o conceito e sentido de tempo, idade, morte, vida, gerar filhos, etc., não existe. Pela soberana vontade de Deus os anjos não podem morrer. Também os salvos em Cristo após a ressurreição não poderão mais morrer.

Na Bíblia há indicação de que os anjos comem, e em certas situações, ao assumirem forma humana eles comeram comida humana. (Sl. 105:40 / Sl. 78: 24-25. Gn. 18:1-8 / Gn. 19:1-2.)

A imortalidade dos anjos está ligada ao sentido de que os anjos bons não estão sujeitos a morte (Lc 20:35-36), além de serem dotados de poder formando o exército de Deus, uma hoste de heróis poderosos, sempre prontos para fazer o que o Senhor mandar ( Sl 103:20; Cl 1:16; Ef. 1:21; 3:10; Hb 1:14) enquanto que os anjos maus formam o exército de Satanás empenhados em destruir a obra do Senhor (Lc 11:21; 2 Ts 2:9; 1 Pe 5:8 ).

Ilustrações do poder de um anjo são encontradas na libertação dos apóstolos da prisão ( At 5:19; 12:7) e no rolar da pedra de mais de 4 toneladas que fechou o túmulo de Cristo (Mt 28:2 )

5. A Inteligência dos Anjos Os anjos estão abaixo de Deus em sabedoria, inteligência e conhecimento. Não são oniscientes, não têm presciência, não sabem o dia do arrebatamento da Igreja nem o dia do juízo final.

Por outro lado, os anjos são muito superiores aos seres humanos na inteligência, sabedoria e conhecimento, devido à sua natureza de seres espirituais. Os anjos têm um conhecimento instintivo e até mesmo intuitivo. Embora limitados, a inteligência, sabedoria e conhecimento dos anjos são sobre-humanos.

6. O Poder e a Velocidade dos Anjos O poder dos anjos é muito superior ao dos homens, mas não são onipotentes como Deus. (Sl. 103:20. Dn. 6:22). Um anjo matou 185 mil soldados assírios de uma só vez numa noite (Is. 37:36). Um anjo descerá do céu e prenderá Satanás no poço do abismo (Ap.20:1 -2).

Os anjos como seres sobrenaturais, estão imunizados contra o fogo e outras forças do universo. Por exemplo: o rei Nabucodonosor viu um anjo andando no meio das chamas junto com Sadraque, Mesaque e Abdenego na fornalha de fogo ardente, sem se queimarem. Dn. 3:25.

Os anjos são dotados da capacidade de transportar-se com extrema rapidez, contudo, não são onipresentes. Passam da dimensão do mundo espiritual para a dimensão do mundo físico, com a rapidez do pensamento, num momento de tempo.

É como se a nossa dimensão física estivesse na dimensão espiritual, mas devido às limitações da nossa visão física não podemos ver a outra dimensão.


7. O Sexo dos Anjos Como os anjos não têm corpo físico igual aos seres humanos, eles não podem ter idéia do que seja nascimento, crescimento e morte. Não têm sexo como os humanos, não se casam não se reproduzem (Mateus 22:30).

Na Bíblia a expressão “anjos” aparece sempre no gênero masculino, que se empregam quando não há distinção de sexo (Lc. 1:11-12)


8. A Visibilidade e a Humanidade dos Anjos Os anjos por serem espíritos, são invisíveis aos olhos humanos. Mas eles são visíveis, os nossos olhos não os vêem na dimensão física.

Não há na Bíblia nenhum caso de anjos aparecerem a um filho de Deus, com a aparência de um familiar ou de alguém conhecido. Quer visíveis ou invisíveis, os anjos quase sempre tem a missão de nos trazer decisões e mensagens autorizadas por Deus.

São espíritos ajudadores, estão sempre ao nosso lado, nos ajudando na batalha espiritual contra Satanás e seus demônios.
Temos aqui dois exemplos da Bíblia. Três anjos apareceram a Abraão na forma humana, e comeram com ele - Gn. 18:1-16. No livro dos Atos dos apóstolos, na ascensão de Jesus no Monte das Oliveiras, dois anjos apareceram de repente na forma humana, para confortar os discípulos - Atos 1:9-11. Todos nós poderemos ver anjos.

9. Os anjos são um exército e não uma raça As Escrituras ensinam que o casamento não é da ordem ou do plano de Deus para os anjos (Mt 22:30; Lc 20:34 -36 ), portanto não se caracteriza uma raça. No Velho Testamento por quatro vezes os anjos são chamados de "filhos de Deus" (Jó 1:6; 2:1; 38:7 ) mas nunca lemos a respeito dos "filhos dos anjos". Os anjos sempre são descritos como varões, porém na realidade não tem sexo, não propagam sua espécie (Lc 20:34-35 ).Vale salientar que no velho testamento os anjos são chamados de "filhos de Deus" por 4 vezes e não 5 vezes, e como se explica os "filhos de Deus" de (Gn 6,2)? Que são intitulados como anjos caídos que se envolveram cm as filhas dos homens, e geraram filhos gigantes chamados de nefilim

Várias passagens das Escrituras indicam que há um número muito grande de anjos (Dn 7:10; Mt 26:53; Sl 68:17; Lc 2:13; Hb 12:22), e são repetidamente mencionados como exércitos do céus ou de Deus. No Getsêmani, Jesus disse a um discípulo que queria defendê-los dos que vieram prendê-lo: "Acaso pensas que não posso rogar ao meu pai, e ele me mandaria neste momento mais de doze legiões de anjos"? (Mt 26:53 ). Portanto, seu criador e mestre são descrito como "Senhor dos Exércitos".

É evidente que eles são criaturas e, portanto limitados e finitos. Apesar de terem mais livre relação com o espaço e o tempo do que o homem; não podem estar em dois ou mais lugares ao mesmo tempo.

 10. São seres racionais morais e imortais Aos anjos são atribuídas características pessoais; são inteligentes dotados de vontade e atividade. O fato de que são seres inteligentes parece inferir-se imediatamente do fato de que são espíritos (2 Sm 14:20; Mt 24:36 , Ef 3:10; 1 Pe 1:12; 2 Pe 2:11). Embora não sejam oniscientes, são superiores aos homens em conhecimento (Mt 24:36) e por ter natureza moral estão sob obrigação moral; são recompensados pela obediência e punidos pela desobediência.

A Bíblia fala dos anjos que permanecerem leais como "santos anjos" (Mt 25:31; Mc 8:38; Lc 9:26; At 10:22; Ap 14:10) e retrata os que caíram como mentirosos e pecadores (Jo 8:44; 1 Jo 3:8-10).

A imortalidade dos anjos está ligada ao sentido de que os anjos bons não estão sujeitos a morte (Lc 20:35-36), além de serem dotados de poder formando o exército de Deus, uma hoste de heróis poderosos, sempre prontos para fazer o que o Senhor mandar ( Sl 103:20; Cl 1:16; Ef. 1:21; 3:10; Hb 1:14) enquanto que os anjos maus formam o exército de Satanás empenhados em destruir a obra do Senhor (Lc 11:21; 2 Ts 2:9; 1 Pe 5:8 ).

Ilustrações do poder de um anjo são encontradas na libertação dos apóstolos da prisão (At 5:19; 12:7) e no rolar da pedra de mais de 4 toneladas que fechou o túmulo de Cristo (Mt 28.2 )

11. Sua Rapidez (Dn 9.21) “Estando eu, digo falando na oração o varão Gabriel, que eu tinha visto na minha visão ao principio veio voando rapidamente...” (Mt 26.53 ) “ ou pensas tu ( Pedro) que eu não poderia agora orar ao meu pai, e ele não me daria mais de doze legiões de anjos?” que distancia há entre o céu ( Trono de Deus) e a terra (jardim do,getsemani ) é inconcebível, mais doze legiões poderia chegar ali numa fração de segundos. Ao ponto de transparecer que são onipresentes.

12. Como foram criados?  Foram criados pela palavra
Data da criação (JÓ 38.1-7)
São espíritos (Hb 1.14)

Não tem ossos (Lc 24:39) se não tem ossos como foi que Jacó lutou com um anjo? (Gn 32.22-32) “Teofania”.

São invisíveis. Mais recebem forma humana (Daniel 6.22) (Gn 32.1, 2) (Daniel 3.25) Não se casam. (Mc 12.25) como entender (Gn 6:2) São assexuados. Não procriam. Foram criados em quantidade definida. Nem aumenta nem diminuem de numero. Foram criados em uma só ocasião (Cl 1.16) ( Gn2.1)

Não são oniscientes. (Mc13. 32) (Mt 24.36) (Gn 19.12). Mais são mais sábios que o homem. (2º Sam 14.20b)

Não são Onipotentes mais são superiores aos homens (2º Pedro 2.11) (Salm 103.20) mais possui um poder delegado por Deus que é onipotente, mais eles têm muito poder. (2º Sam 24.12) (2º Reis 19.35) (Êxodo 12.19)

13. OS Anjos possuem asas? Os anjos aparecem com asas e às vezes sem asas como um varão (forma humana sem asas).

Apenas 5 classes de anjos são apresentadas na Bíblia como portando asas.

  1. Os Querubins (Ex25. 20) (Ap 4.8)
  2. Os Serafins (Is 6.1-6)
  3. O Anjo Gabriel (Dn 9.21)
  4.  O anjo dos AIS (Ap 8.13)
  5. O anjo do evangelho eterno (Ap 14.16)
São numerosos (Slm 68.17) (Deut 33.2) (Ap 5.11) (Heb 12.22)

Não devem ser adorados. (Ap 19.10) (Rm 1.24,25)

Não Limitado no espaço. (Mc 5)

Os Anjos comem? Em alguns casos os anjos comeram mais em nenhum trecho das escrituras revelam que os anjos devem comer para permanecerem vivos, nesses casos eles receberam forma humana para tornarem-se visíveis aos sentidos humanos. Davi referiu-se ao maná que os filhos de Israel comeram como sendo o pão dos anjos (Sal 78.24,25) ( 1 Reis 19.5) (Gn 18.1) ( Gn 19.1)

Nome dos Anjos  Anjo filho de Deus (Jó 1.6) Mensageiro (Jô 33.23) Exercito de Deus (Gn 32.1,2) Vento (Sal 104.4) mancebo (Mc 16.5) varão (Gn 18.2) estrela da alva (Jô 38.7).
 
Créditos à:  http://escolabiblicanet.blogspot.com.br/2011/11/angeologia-parte-4-caracteristicas-dos.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"A PALAVRA E A FLECHA LANÇADA NÃO VOLTAM ATRÁS"

Um resumo do dilúvio e a arca de Noé até os dias de hoje.