SOMOS ANJOS DE UMA ASA SÓ


"SOMOS ANJOS DE UMA ASA SÓ"

Certo dia, um anjo ajoelhou-se aos pés de DEUS e falou:
"Senhor... Visitei sua criação como pediu.
Fui a todos os cantos; estive no sul, no norte, leste e oeste. Vi e fiz parte de todas as coisas.
Observei cada uma de suas criaturas humanas.
E por ter visto, vim até o Senhor... Para tentar entender. Por quê?
Porque cada uma das pessoas sobre a terra tem apenas uma asa?
Nós anjos temos duas... Podemos ir até o amor que o Senhor representa, sempre que desejamos.
Podemos voar para liberdade, sempre que quisermos. Mas os humanos... Com sua única asa, não podem voar!
E DEUS respondeu:
"Eles podem voar sim, meu anjo.
Dei aos humanos... Apenas uma asa para que eles pudessem voar mais e melhor que eu ou vocês,
Meus arcanjos... Para voar, meu amigo... Você precisa de duas asas... Embora livre, sempre estará sozinho.
Talvez da mesma maneira que eu... Mas os humanos... Com uma única asa precisarão sempre dar as mãos para alguém, a fim de terem sempre suas duas asas.
Cada um tem, na verdade, um par de asas.
Uma outra asa, em algum lugar do mundo, que completa o par.
Assim, eles aprenderão a respeitarem-se... Pois a quebrar a única asa de outra pessoa podem estar acabando com suas próprias chances de voar.
Assim, meu anjo, aprenderão amar verdadeiramente outra pessoa. Aprenderam que somente permitindo-se amar, eles poderão voar.
Tocando a mão de uma outra pessoa, em um abraço amigo afetuoso, eles poderão encontrar a asa que lhes falta... E poderão finalmente voar.
SOMENTE ATRAVÉS DO AMOR IRÃO CHEGAR ATÉ ONDE ESTOU.
Assim como você meu anjo.
E nunca, nunca mais... Estarão sozinhos quando forem voar.


ASSIM:


"SOMOS TODOS ANJOS COM UMA ASA SÓ; E SÓ PODEMOS VOAR QUANDO ABRAÇAMOS UNS AOS OUTROS"



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"A PALAVRA E A FLECHA LANÇADA NÃO VOLTAM ATRÁS"

Um resumo do dilúvio e a arca de Noé até os dias de hoje.