terça-feira, 7 de julho de 2015

Não desista dos seus sonhos


ANTES SÓ DO QUE AMADO PELA METADE. SOZINHOS SOMOS INTEIROS




Você não queria, mas disse adeus. Não havia nada mais que fizesse aquele amor ficar. Restaram somente você e os sonhos que um dia foram de duas pessoas. No vazio do quarto silencioso, sua vontade de se levantar ficava escondida no canto mais frio debaixo da cama. Estava tudo fora do lugar. Móveis, objetos e pensamentos se perderam na bagunça da despedida, na partilha para decidir quem fica com o quê. Murcharam-se as flores do canteiro da janela e você se esqueceu por que precisava sair de casa para viver.
A gente querendo ou não, o frio vem como um beijo da morte, carregado de culpas e porquês. Traz no vento gelado dúvidas como “e se eu tivesse feito isso” ou “se não tivesse feito daquele jeito”. Chega com a solidão congelando o riso e aumentando a dor de quem fica, só não vem mais o amor que já foi embora.
Quando deixamos o amor partir, aprendemos a deixar o inverno passar. E para que chegue a estação do sol e das flores, não podemos mais viver a vida daquele amor sem ele. Ora, você nem curte essas músicas que ouviam juntos só porque ele gostava. Antes, tudo bem. Mas, agora, por que continuar com essa tortura musical? Coloque para tocar a sua canção preferida e tire-se para dançar no meio da sua sala! Então ponha um vaso florido no centro da sua mesa de jantar enquanto reaprende a fazer as refeições somente na sua companhia. Daqui a pouco estará colhendo as flores que nascerão no jardim da sua alma.
Atenção: não é culpa sua se mais um amor não te amou. E também não é exigindo do outro a entrega de algo que não é seu que alguém te amará. Não temos a posse do outro, então não se aflija por deixar o que não te pertence partir de você. Perdoe-se de suas dúvidas e “não se esqueça que desistir de alguém não é fracassar, é só reconhecer que não se pode amar onde não há reciprocidade”.
Eu sei que, se você pudesse, pegaria um avião agorinha mesmo só para achar o amor de novo. Iria de barco, de trem, de bicicleta, pedindo carona. Pediria férias, as contas, um empréstimo só para viajar rastreando o cheiro do seu perfume. Ah, se você pudesse, o convidaria para tomar um café, uma cerveja, um banho quente e falariam dos seus filmes preferidos, quais livros estão lendo, sobre política, filosofia e nada. Ouviriam o silêncio da noite e suas revelações, seus planos e medos.
Mas parece que você e o amor estão sempre se desencontrando. Quando você chega, ele já passou. Quando você vai, o amor te esperava. E nesse esconde-esconde você fica cheio de saudades, deseja o que já se foi e o que nunca chegou. Seu coração é um barquinho num oceano de lembranças, ora passeando por águas calmas, ora se perdendo em lágrimas turbulentas.
Então deixe o inverno passar e levar seu barquinho para águas que você não conhece ainda. Navegue um pouco sem rumo, mas sempre em frente. Lembre-se que o pôr do sol acontece para que na manhã seguinte o seu oceano receba um beijo quente de luz. O amor está em algum porto distante e perto de você.
Vai navegando sua vida porque somente você pode completá-la. Dê festa para os amigos em casa, assista a filmes, mesmo sozinho, e saia para passeios por aí com você mesmo. Seja feliz com o que você tem até não precisar ter ninguém. Vai navegando ora triste, ora feliz, mas vai navegando sem se preocupar com o tempo que falta para o amor chegar. Livre-se de convenções sociais que ditam que temos que ter alguém. Acredite, é bem melhor estar só do que ser amado pela metade.
Não que seja fácil, mas pode se tornar uma viagem e tanto. E quando um dia você se ancorar em uma nova praia, e o calor dessa areia amanhecida aquecer a sua alma e a brisa suave que vier das ondas do amar te beijar, você saberá… É o amor sendo escrito nos versos da vida que dois corações navegantes decidiram compartilhar!

*A frase entre aspas foi inspirada em citação de Isabela Freitas.



_____
Fonte: Escrito por Rebeca Bedone via Revista Bula

Swiss Pass: a melhor maneira de conhecer a Suíça

Swiss Pass: a melhor maneira de conhecer a Suíça

Trem na Suíça  Foto (divulgação)
Trem na Suíça
Foto (divulgação)
Cheguei de viagem com mil idéias sobre posts da Suíça, lugares incríveis que passei, experiências bacanas.. Mas ao pensar em tudo da viagem, vi que ela foi super tranquila e prática justamente porque usei o Swiss Pass.  Coberta por uma malha ferroviária fantástica, é possível ir para quase todos os locais da Suíça de trem e quando o trem não alcança o destino,  existem conexões com ônibus (tram) e com barcos.
IMG_6066
Central de trem em Zurique
Embora todos se refiram ao Swiss Pass  como uma empresa,  trata-se de uma entidade de marketing pois a malha rodoviária/ferroviária e náutica do país é composta por mais de 200 empresas que se uniram para poder ter um produto bastante completo, e de fato eles conseguiram, que é chamado de Swiss Travel System. Para nós, turistas,  a grande vantagem é possibilidade de  conhecer todo o país, viajando ilimitadamente em trens, ônibus e barcos, com conforto (a limpeza é surpreendente) e pontualidade. Além de conectar o país a outros dentro da Europa.
foto da segunda classe
foto da primeira classe
É possível viajar de Primeira e Segunda Classe. A grande diferença entre as classes é o volume de passageiros. Na primeira classe as poltronas são maiores e mais confortáveis, mas não chegam a ser tão diferentes como em um voo. Porém, como poucas pessoas compram a primeira classe (para o suíço o Swiss Pass é bem caro, lembre-se que eles não compram carro para usar esse serviço), você viaja mais tranquilo na primeira apenas por esse motivo, o que pode ser bom  se deseja trabalhar durante a viagem.
O restaurante da primeira classe também é melhor. Mas de novo não é o que justifica a compra. Uma coisa legal é que quase todos os trens e assentos tem tomadas… bom para carregar Iphone, laptop ou até a bateria da máquina fotográfica.
Além das diferenças de classes, existem vagões especiais, como os focados em negócios, onde é possível viajar trabalhando, vagões de crianças (com brinquedos) , vagões restaurantes e alguns até tem vagões do Starbucks. Fiquei muito curioso para ver o vagão da Starbucks e  o de criança mas nenhum trem que viajei tinha. Em um deles dizia que tinha, andei todos os vagões e não localizei.
Existem dois tipos de Swiss Pass
– Para dias consecutivos de viagem: 4 dias, 8 dias, 15 dias, 22 dias ou 1 mês de viagens ilimitadas;
– Para 3, 4, 5 ou 6 dias de viagem dentro de 1 mês, o chamado Swiss FLEXI Pass.
as listras brancas que são para ajudar os deficientes visuais
as listras brancas que são para ajudar os deficientes visuais
Vantagens do Swiss Pass
– Viagem ilimitada de trem, ônibus e barco
– Viagem livre na maioria das rotas panorâmicas
– Uso gratuito dos meios de transporte público urbano em 75 cidades
–  Ingresso gratuito em mais de 480 museus, funcionando como um Swiss Museum Pass, confira a lista nesse link;
– 50% de desconto na maioria dos teleféricos e trens de montanha que não estão incluídos no passe;
locker que usei  na estação de Interlaken
locker que usei na estação de Interlaken
Além de outros benefícios como:
– Desconto em hotéis (confira nesse link quais hotéis e que descontos) ;
– Descontos em City Tours Guiados como em Berna, Basel, Genebra, Zurique e Lucerna, confira detalhes aqui;
(para saber todos os outros benefícios, clique aqui)
Para quem está focando a viagem em algum ponto do país, viagens curtas ou de esqui, o Swiss Travel System disponibiliza outros passes, mais baratos, e que atendem à esse tipo de viagem. Além de ser possível comprar o passe para família, onde crianças até 16 anos não pagam.  Como não utilizei eles, não vou entrar em detalhes, mas você pode dar uma conferida nesse link. 
Como funciona
muitas, muita bicicletas
muitas, muita bicicletas
É bem fácil de usar e não precisa ficar  indo nos guichês dos terminais o tempo todo. Todos os passes já vêem com o nome e as datas de validade preenchidas, mas no caso do Flexi você que terá que preencher à mão os dias que ele pode ser usado. Lembre-se se anotar o dia que você usará antes de subir no trem pois se o fiscal passar e o Swiss Pass não estiver registrado, você levará multa! Não é preciso registrar o passe ou carimbar nos  terminais, basta apenas anotar a data de uso (no caso dos passes (FLEXI) e subir no trem. O fiscal vai passar conferindo os tickets de todos os passageiros e basta apresentar o seu. Nos trens panorâmicos que necessitem de reserva de assento ou nos trens em que há somente o desconto, é preciso ir na bilheteria antes do embarque, para solicitar o  tipo de passeio  que deseja, apresentando o Swiss Pass e fazendo então a reserva, pagando ou não a diferença para registrar o assento.
Aliás, uma situação que eu vi, mas não é sempre que acontece: o cobrador pediu o Swiss Pass para duas chinesas, e o passaporte para confirmar a identidade e que elas eram as donas. Elas estavam sem e deu a maior confusão e pelo que entendi os chineses são usuários habituais do passe, sendo que um compra e vários usam (tudo meio parecido mesmo né? rs). Não sei quanto ao passaporte, mas pelo menos leve uma identidade junto, assim não corre risco.
Conclusões
Não é um produto barato (exemplo 8 dias = 421 USD na segunda classe  ou 690 USD na primeira classe)  mas vale a pena. Ele dispensa qualquer outro meio de transporte, esqueça aluguel de carro ou taxi quando for para a Suíça. Como falei anteriormente, a limpeza é impecável, fora o conforto e a pontualidade. Em nenhum outro momento da viagem usei outro tipo de transporte, inclusive a chegada e saída do aeroporto, e isso feito com as malas. Verificando os pacotes de família, vale a pena, pois com mais pessoas o preço dilui e crianças não pagam.
Curiosidades
ruínas na estação de Bern
ruínas na estação de Bern
– quase toda estação tem um bicicletário, aliás bicicleta é um meio de transporte super usado no país, nos próximos posts vou falar sobre isso também;
– no chão das estações é comum ver três tiras brancas, olhando com cuidado vemos que elas são feitas em relevo e servem para guiar os cegos (aquele momento que você sabe que está na Suíça, tudo perfeito);
– na estação de Bern é possível ver ruínas da cidade antiga,  muito bacana!
– usei o serviço de lockers na estação de Interlaken, pois ia direto para uma atração e estava com computador e as malas, muito útil;
– em Interlaken também,  tive a experiência mais inusitada da minha vida em relação aos trens: um trem que tem como destino final dois pontos opostos da cidade. E como isso é possível?  Até um certo ponto o trem viaja de uma forma “íntegra” e ao chegar nesse ponto, metade do trem vai em uma direção e a outra metade vai na outra direção … o risco é na estação inicial você estar na metade errada do trem… :)

Leia também…
Próximo destino: Suíça

a Suíça tem várias rotas panorâmicas de trem
a Suíça tem várias rotas panorâmicas de trem Foto: divulgação

Sobre a viagem
O blog viajou a convite da Swiss International Air Lines em parceria com o  Switzerland Tourism  . O projeto #SwissExperience foi idealizado pela  Agência Ptahx  .Quem viajou foi o Leonardo Martins, pai das minhas filhas, e que tem o estilo de viagem muito parecido com o meu e fez os relatos. Acompanhe tudo sobre a Suíça nas redes sociais com a hashtag #SwissExperience

Créditos: http://www.viajaretudodebom.com.br/2014/10/10/swiss-pass-a-melhor-maneira-de-conhecer-a-suica/

ORAÇÃO DO RECOMEÇO



ORAÇÃO DO RECOMEÇO

Energias, Fé, Oração, Prece
Oh! Deus, me impeça de mais uma vez fechar as portas para o novo que quer entrar em minha vida.
Dai-me esperança e confiança de que existe um horizonte à minha espera e que só depende de mim mesma começar a caminhar.
Quero cada vez mais buscar a verdade no meu sentimento, ouvir a voz do coração.
Guia meus passos, mostra-me o caminho a seguir.
Quero deixar para trás meus fardos, minhas culpas e caminhar leve e livre pela Terra…
Agradecida a tudo e a todos, apreciando o caminho, plantando flores nos jardins da vida…
Amando o máximo que me for possível, sendo pura de alma e coração.
Que eu possa atrair as pessoas certas para minha vida, os acontecimentos corretos…
E que possa me livrar do apego, do medo, do arrependimento e da tristeza.
Amém.



Mulheres Israelitas

MULHERES QUE CONHECEM A PALAVRA📖 💁🏻Mulheres Israelitas Josué 8 📖Palavra nenhuma houve... que Josué não lesse para toda a congregação ...