sexta-feira, 28 de abril de 2017

Como foi a greve geral contra reformas de Temer em 28/04

Apenas parte da reportagem de EXAME.COM agora a noite. Fatimalis.


Todos os créditos à EXAME.COM

Veja como está a situação nas principais capitais do país em dia de paralisações e manifestações

EXAME.COM

Membro do MTST segura bandeira em bloqueio durante greve geral de 28/04 em Brasília (DF) (Ueslei Marcelino/Reuters)


São Paulo – O Brasil foi é palco, nesta sexta-feira (28/04), de uma  greve geral manifestações contra as reformas trabalhista e da Previdência, propostas pelo governo de Michel Temer. Veja como foram as paralisações e protestos pelo Brasil:

21h06 – Polícia começa a dispersar grupos de manifestantes em SP
Manifestantes que foram protestar perto da casa de Michel Temer começam a voltar para o Largo da Batata, em São Paulo. A Polícia Militar faz uma varredura na avenida Pedroso de Moraes para afastar grupos que ainda permanecem no local. Há bastante lixo e resíduos espalhados no caminho. As informações são do canal GloboNews.
20h43 – Choque e manifestantes entram em confronto em São Paulo
Segundo a Globonews, os PMs lançam gás e forte jatos de água. Manifestantes revidam jogando objetos, pedaços de garrafa, vidro, pedras e rojões. Temer está em Brasília.
20h20 –  Tropa de Choque se dirige a ato perto da casa do presidente Michel Temer
Policiais estão em confronto com manifestantes que marcharam do Largo da Batata até a casa do presidente. Há bombas de efeito moral, balas de borracha e gás lacrimogênio. A tensão começou porque a polícia pediu a manifestantes que se afastassem do gradil, mas seu pedido foi negado. As informações são da GloboNews.
20h14 – Manifestantes estimam 70 mil pessoas no Largo da Batata
Em São Paulo, uma voz no carro de som do grupo que marcha do Largo da Batata até a casa do presidente Michel Temer afirma que há 70 mil presentes.
Segundo o repórter Victor Caputo, alguns manifestantes quebram comércios, principalmente agências bancárias. A Polícia Militar está apenas abrindo caminho , então há apenas manifestantes na parte de trás da marcha.
20h01 – Rio de Janeiro: Mais um grande tumulto interrompe ato na Cinelândia
Um novo conflito de grandes proporções interrompeu ato contra o governo federal que era promovido na Cinelândia (região central do Rio) por volta 18h55 desta sexta-feira (28). Para interromper a ação de pessoas que destruíam telefones públicos e incendiavam lixo, a PM lançou bombas de gás e tiros de balas de borracha contra a multidão. Jovens mascarados responderam lançando pedras e paus. Houve pânico e correria.
O tumulto deu continuidade a um dia violento na capital fluminense. Pelo menos cinco ônibus foram incendiados no centro da cidade: um na Cinelândia e quatro na Lapa.

19h39 – Temer diz que manterá reformas apesar das manifestações
Em nota divulgada no início desta noite, o presidente Michel Temer disse que manterá as reformas nas leis trabalhistas e na previdência social propostas por seu governo, que dispararam manifestações e greve geral em todo o país nesta sexta-feira.
“O trabalho em prol da modernização da legislação nacional continuará, com debate amplo e franco, realizado na arena adequada para essa discussão, que é o Congresso Nacional”, escreveu o presidente.
19h16 –  SP: Grupo deixa o Largo da Batata e caminha até a casa de Michel Temer
Durante a marcha, as pessoas cantam como grito de guerra: “Ai, ai, ai, ai, ai, se empurrar o Temer cai” e “Olé, olé, olé, olé, fora Temer”.
Alguns bares com sacada estão cheios de garçons dançando ao som dos gritos contra Temer. Em um deles, um garçom está sacudindo uma camiseta vermelha enquanto pula.
Protesto do povo? O repórter Victor Caputo observa que ambulantes vendem cerveja “long neck” de marcas como Heineken e Eisenbahn. Não há apenas sindicalistas: também marcham muitos jovens estudantes de universidades como USP (Universidade de São Paulo) e Mackenzie. Um grupo pequeno e discreto mostra a bandeira do PT e há alguns balões do PCO. Algumas pessoas gritam que “protesto não é palanque”.
Manifestantes usam sinalizadores em ato contra reformas do governo Temer no Largo da Batata, em São Paulo
Manifestantes usam sinalizadores em ato contra reformas do governo Temer no Largo da Batata, em São Paulo (Victor Caputo/EXAME.com)
Manifestante segura bandeira do Brasil em protesto contra reformas em 28/04 (Victor Caputo/EXAME.com)


Algumas das mudanças propostas na Reforma Trabalhista do governo golpista de Michel Temer.



Entenda algumas das mudanças propostas na Reforma Trabalhista do governo golpista de Michel Temer. Entre os pontos abordados pelo projeto, estão a contratação de terceirizados, em todas as atividades da empresa, com salários menores, o fim do princípio de equiparação salarial para as mesmas funções na empresa e as jornadas de trabalho de até 12 horas seguidas, por 36 de descanso.

Confira: #BrasildeFato



A LUTA DOS POVOS INDÍGINAS



Líderes de comunidades das cinco regiões do país foram recebidos por parlamentares da bancada do PT na manhã desta quarta-feira (26), no Senado Federal.
O encontro ocorreu após a repressão policial ao ato indígena ocorrido na terça-feira (25) em frente ao Congresso Nacional, em Brasília (DF).
Durante a reunião, que tratou da pauta de luta dos povos indígenas, as lideranças reforçaram que a principal reivindicação é a retomada imediata das demarcações de terra, que estão paradas há cerca de um ano e já vinham decrescendo com o tempo. 
Segundo dados do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), a média anual de homologações de terras caiu de 10, no governo Lula (2003-2010), para 3,6 durante o governo Dilma (2011-2015). Além disso, 348 territórios reivindicados pelas comunidades sequer entraram ainda na fila da Funai para serem submetidos a um estudo de avaliação. 
Na reunião, as lideranças também destacaram que a luta por direitos é uma constante e que as comunidades continuarão se mobilizando. “Nós não vamos recuar. O povo indígena sempre teve a resistência como uma marca, por isso nossa pauta seguirá adiante, independentemente de qual seja o governo”, disse a coordenadora da Associação dos Povos Indígenas no Brasil (Apib), Sônia Guajajara. 
A articulação das comunidades junto ao Congresso nesta semana integra as atividades do Acampamento Terra Livre 2017, que ocorre na capital federal até a próxima sexta (28).

BRASIL DE FATO

domingo, 23 de abril de 2017

Está chegando a hora.

Creia que esse deserto está chegando ao fim, que essa prova está se acabando, que essa fase ruim está indo embora!
Está chegando em tua direção a promessa que Deus lhe fez anos atrás, está para se cumprir a boa palavra do Mestre em tua vida, por isso fique calmo, deixe essa fé que há dentro de você sair e você vai ver Deus realizando em tua vida, os desejos do teu coração. Amém? Quem crê? Está na fé então tome posse em nome do Sr Jesus!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Alguns objetos dão legalidade aos demônios dentro de casa, alerta ex-ocultista



Lendo sobre isso achei interessante compartilhar com vocês essa matéria para alertá-los sobre o mal que existe onde nem sequer imaginamos. Pois parecem ser objetos sem maldade. Mas parecem maisum portal de entrada e saídapara o mal, onde todos sabemos que o mal não pede licença, simplesmente invade, imagine dando a tal legalidade. 


Fatimalis






Segundo Christian Bancarz, muitos objetos podem parecer inofensivos, 

mas chegam a convidar a presença de demônios para dentro de casa.


FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN TODAY
ATUALIZADO: SEGUNDA-FEIRA, 17 ABRIL DE 2017 AS 10:21

O "filtro dos sonhos" é um dos objetos que podem dar legalidade aos demônios. (Foto: Reprodução).

Um ex-blogueiro da Nova Era que se converteu ao cristianismo está advertindo as pessoas a não manterem objetos ligados ao ocultismo como livros, enfeites, retratos, fotos ou imagens.
Embora objetos como o "filtro dos sonhos" ou jogos de cartas pareçam inofensivos, Christian Steven Bancarz afirma que tais peças podem "dar autoridade aos demônios em sua casa". Em um novo vídeo postado no YouTube, Bancarz diz que esses objetos "são carregados com uma frequência espiritual que coincide com a ilusão que os poderes do diabo e
“As pessoas que se apegam a essas coisas estão criando uma ponte entre essas realidades sobrenaturais, governadasstão tentando criar no reino espiritual". por principados demoníacos e nossa vida, nossa casa, nossa alma", diz Bancarz, citado pelo site Charisma News.
De acordo com o ex-escritor de Nova Era, esses itens podem causar estragos na vida das pessoas. “Livros que deveriam ser jogados fora, são aqueles sobre o hinduísmo, as artes esotéricas, o gnosticismo, o transcendentalismo, a feitiçaria, a magia, o misticismo, o yoga ou qualquer material que defenda a reencarnação, entre outros”.
Inofensivo?
Bancarz também exorta as pessoas a jogar fora livros de ficção que possam ter esses elementos, como as obras de Harry Potter, por exemplo. Em um post do Facebook no início deste mês, Bancarz disse que "objetos ocultos e ídolos podem fazer com que você seja espiritualmente oprimido, dando aos demônios autoridade em sua vida".
"Sua alma se tornará enganchada e energizada no delírio espiritual com que esses objetos se conectam no espírito, já que tanto a Bíblia como todas as outras tradições espirituais na Terra acreditam que esses objetos contêm laços com poderes no espírito", ressaltou.
“Esta é a razão pela qual a Bíblia equipara a adoração de ídolos com a adoração a demônios, como está escrito em Apocalipse 9 e Deuteronômio 32”, ele disse. Desde sua conversão ao cristianismo, Bancarz está na missão de expor as estratégias demoníacas através da espiritualidade obscura.
Entrevistado pelo site The Christian Post, ele lembrou como as forças ocultistas aprisionaram sua alma quando estava na escola. Isso o levou a construir um site (agora extinto) chamado Espírito Ciência e Metafísica, que rendeu a ele uma grande quantia em dinheiro só com publicidades.
Dois anos depois, em abril de 2016, ele encontrou Jesus, que o libertou das armadilhas do demônio e, desde então, está dirigindo um novo site dedicado a explicar a fé cristã.

Fonte: http://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/alguns-objetos-dao-legalidade-aos-demonios-dentro-de-casa-alerta-ex-ocultista.html#

sábado, 15 de abril de 2017

Case-se com um homem...

Case-se com um homem que deite no seu colo, de um jeito meio largado, meio descompensado, meio de quem pede ajuda porque o chefe é um mala e as coisas só dão certo porque ele tem você no fim do dia. Não escolha alguém que faz tudo por você, que vive por você, que atende todos os seus caprichos. Sabe por quê? Porque um cara desses deixaria de ser dele pra ser seu, se esqueceria da vida dele pra viver a sua e, cá entre nós, você quer somar, não é? Ou quer alguém que viva por você, não com você? Por isso mesmo é que você deve se casar com alguém que traga um novo mundo pra juntar ao seu e que te mostre como os seus planetas ainda podem ser desalinhados de uma forma bonita.
Case-se com um homem que te desperte. Da cama, do medo, dos pesadelos. Que te beije na testa com ternura e faça cafuné, mesmo sabendo que você odeia que enrolem o seu cabelo. Um homem desses que despenteiam, desses que deixam uma bagunça gostosa no meio campo. Queira um homem, um cara, um rapaz, seja lá o seu termo preferido, que tenha um olhar que não te atravesse. Alguém que vai olhar pra você e ver quem você é, sem construções idealizadas ou suposições construídas na fantasia. Sem olhares que atravessam e se desviam, que não encontram os seus olhos e caminham pelo seu corpo. Escolha os olhos daquele que sustenta o mundo quando te olha. Ele tem que ser forte, e talvez a força dele seja essa de te ajudar a dividir o peso do mundo nas costas, de te ligar no almoço pra dizer que te ama e que nunca se esqueceu de ti.
Queira um cara que vá se emocionar quando vê-la entrando na igreja. E que se emocione com você de pijama acordando. Que te ache linda independente do seu manequim e que se orgulhe de você pelas suas conquistas do dia a dia, até aquelas pequenininhas como conseguir passar do primeiro dia da dieta. Case-se com um homem que vá rir de você quando você fizer um escândalo por ter quebrado a unha ou por ter furado o dedo pregando um quadro na parede. Ele tem que ser do tipo que sabe que você não precisa dele, e por isso mesmo que fica. Fica e vai ficando, vai se alojando no sofá, vai deixando a escova de dentes e quando você for ver, ele vai ter aprendido alguma receita no Google pra tentar te impressionar. Valorize um homem pelo esforço dele, não só pelo resultado final. Você vai perceber que um homem que se esforça pra te ver feliz é um homem que vale mais do que qualquer Encantado que a Disney tentou te vender como homem perfeito. Desconfie de um cara sem defeitos. E aprenda: tipos perfeitos como os dos livros infantis não existem. O que existe são homens que, ao seu modo, conquistam você e fazem pender a balança pro lado das qualidades, enquanto você aprende a lidar com os defeitos.
Deseje um guri que seja louco. Não por você, mas pela vida. Gente louca pela vida gosta de explorar o mundo, a cidade, a rua de cima, o novo restaurante japonês da Liberdade e tudo mais. Gente que é louca pela vida entende bem de liberdade, companheirismo, amizade e todos esses sentimentos que só quem gosta de viver entende. Além disso, te garanto que gente assim tem um ótimo papo. Daqueles que não contam vantagem e ainda desenham na sua cabeça as cenas todas que alguém com muita paixão já viveu. Daqueles que fazem você se apaixonar sempre que falam da forma com que o mundo deles mudou desde que você chegou.
Por fim, mas não menos importante, case-se com um homem que te ame em detalhes. Nos cartões das flores, na careta da selfie, na camisa cafona que a sua mãe deu de presente, na vez em que ele percebeu que você tinha cortado o cabelo antes de você falar, nos pedidos de comida às duas da madrugada quando ele percebe que você tá morrendo de fome e cagou pra dieta, no anti-alérgico que ele carrega na carteira caso você precise.  Case-se com quem te faça sentir que esse texto é pouco pra falar dele e te faça vontade de continuar a escrevê-lo, mesmo que você não seja lá muito boa com palavras, mesmo que você só saiba definir o que sente por ele como amor.
Via: Casal sem Vergonha

quinta-feira, 13 de abril de 2017

SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO DO SENHOR



Sexta-feira Santa ou Sexta-Feira da Paixão é uma data religiosa cristã que relembra a crucificação de Jesus Cristo e sua morte no Calvário. O feriado é observado sempre na sexta-feira que antecede o Domingo de Páscoa, o sexto dia da Semana Santa no cristianismo ocidental e o sétimo no cristianismo oriental (que conta também o Sábado de Lázaro, anterior ao Domingo de Ramos). É o primeiro dia (que começa na noite da celebração da Missa da Ceia do Senhor) do Tríduo Pascal e pode coincidir com a data da Páscoa judaica.


JESUS
Foi desprezado e rejeitado pelos homens,
um homem de dores
e experimentado no sofrimento.
Como alguém de quem
os homens escondem o rosto,
foi desprezado,
e nós não o tínhamos em estima. Certamente ele tomou sobre si
as nossas enfermidades
e sobre si levou as nossas doenças;
contudo nós o consideramos
castigado por Deus,
por Deus atingido e afligido. Mas ele foi traspassado
por causa das nossas transgressões,
foi esmagado por causa
de nossas iniquidades;
o castigo que nos trouxe paz
estava sobre ele, e pelas suas feridas
fomos curados. Todos nós, como ovelhas,
nos desviamos,
cada um de nós se voltou
para o seu próprio caminho;
e o Senhor fez cair sobre ele
a iniquidade de todos nós. Ele foi oprimido e afligido;
e, contudo, não abriu a sua boca;
como um cordeiro,
foi levado para o matadouro;
e, como uma ovelha que diante de seus
tosquiadores fica calada,
ele não abriu a sua boca. Com julgamento opressivo ele foi levado.
E quem pode falar dos seus descendentes?
Pois ele foi eliminado
da terra dos viventes;
por causa da transgressão
do meu povo ele foi golpeado. Foi-lhe dado um túmulo com os ímpios
e com os ricos em sua morte,
embora não tivesse cometido
nenhuma violência
nem houvesse nenhuma mentira
em sua boca. 

Isaías 53:3-9

quarta-feira, 12 de abril de 2017

RUTE E BOAZ


✔ANOTE AÍ 12.04.2017
Deus está levantando um "Boaz" espiritualmente falando pra cuidar de ti como ninguém cuidou, fique atento, Deus vai usar alguém pra cuidar de ti nos mínimos detalhes, ou aleluia, já vejo pela fé a maneira linda desse cuidado, o glória! 
By Pastora Vanessa Cristina



A história de Rute é uma das mais amadas da bíblia. O povo acha “Orgulho e Preconceito” o máximo porque não conhece Rute! Tudo bem, Mr. Darcy e Elizabeth tem seu charme, mas Rute e Boaz vão além de ser uma história de amor; é uma história de Providência, de Graça, de Vida Eterna. Essa sim é de chorar e cair de joelhos! Em um livro curto e fácil de ler, encontramos a bela história de uma mulher moabita indo morar na terra prometida, abraçando o Deus verdadeiro e encontrando redenção.
Rute nasceu em família pagã; sua criação não envolveu aprender a lei de Deus, não tinha referência às promessas divinas de redenção. Nunca foi ensinada sobre verdadeira adoração, sobre viver piedosamente, sobre as promessas do Messias. Apesar disso ela provavelmente sabia algo sobre os Israelitas, povo vizinho. Talvez tenha ouvido notícias de que havia uma fome em Belém de Judá; que ironia, na cidade chamada Casa de Pão estava faltando pão…
Um dia chega uma família de hebreus vindo morar em Moabe. Elimeleque, nome de gente importante, com sua esposa Noemi e seus dois filhos Malom, e Quiliom. E não é que estes hebreus logo se interessam por moças de Moabe? Rute se casa com um deles e aprende coisas sobre o Deus dos hebreus, Iavé que os tirou da escravidão no distante Egito.
Eventualmente morrem todos os homens, ficando apenas a sogra Noemi com ela e sua concunhada Orfa. Noemi decide que vai voltar para tentar a vida em Belém; estavam chegando notícias de que Iavé se lembrara de seu povo. Noemi não tinha mais nada a fazer em Moabe e decide como uma filha pródiga retornar à casa do Pai.
Noemi insistiu, instou, argumentou; não teria porque as moças irem com ela. Noemi não tinha mais filhos para se casarem com elas… E mesmo que Noemi tivesse filhos, iriam Orfa e Rute esperar até eles crescerem? O que Noemi não falou é tão pesado quanto o que ela disse; estava implícito algo difícil de explicar: nenhum hebreu fiel a Iavé cometeria o erro de Malom e Quiliom de se casarem com moças pagãs. Noemi sugere que o melhor para elas seria ficar. Orfa escolhe o caminho fácil e mais garantido, se despede de Noemi e da história. Rute decide que vai. Mesmo que isso signifique não casar; mesmo que isso resulte em não mais voltar a Moabe, mesmo que isso implique em deixar sua família e amigos e casa. Pois ela aprendeu algo vital; ela aprendeu sobre Iavé, o Deus verdadeiro que resgata seu povo de seus pecados. Rute faz um pacto com Noemi de que se agarraria a ela. Numa das mais famosas passagens do AT ela jura: “não me instes para que te deixe e me obrigue a não seguir-te, porque, aonde quer que fores irei eu e, aonde quer que pousares ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus. Onde quer que morreres, morrerei eu e aí serei sepultada…” Rute 1:16
A fidelidade de Rute para com Noemi é bela, mas ela é acima de tudo fidelidade para com o Deus de Noemi. Rute não está simplesmente dizendo vou ficar contigo e cuidar de você até morreres; mesmo depois da morte de Noemi ela irá ficar com seu novo povo, ela irá habitar entre os hebreus, ela irá ser um deles pois agora ela conheceu esse novo Deus. É uma mudança de fidelidade do coração.
Rute chega em Belém e não quer saber de moleza; não fica reclamando da vida (como Noemi) ou se dizendo amarga e incapaz (como Noemi, de novo). Ela vai em frente, encara a colheita, trabalha de sol a sol, faz o que é necessário para o bem de sua família. A mulher piedosa não faz como Noemi, encostando-se na sua amargura e esperando que algo aconteça; a mulher piedosa como Rute age dentro dos parâmetros da lei de Deus e segue em confiança na sua providência. Rute não tem muitas alternativas, mas ela pode colher espigas segundo a lei, e é o que ela faz, tornando frutífero o tempo e oportunidades que ela tem. A mulher piedosa não fica agindo como se a vida lhe devesse, como se Boaz lhe devesse, como se Deus lhe devesse; a mulher piedosa não fica apontando o dedo em riste para Deus dizendo “Eu deixei minha família e minha terra por ti e por Noemi, porque é que não me abençoas e tenho que ficar colhendo espigas?”. Não, ela sabe que é melhor colher espigas nos campos de Iavé do que se fartar nos campos de Moabe.
Na providência do Senhor, Rute eventualmente conhece um homem chamado Boaz, homem bom e piedoso que ama a Iavé e conhece sua Lei. Boaz a trata tão bem que ela se surpreende; como é que uma estrangeira pode ser tão bem tratada? Noemi percebe a oportunidade de ao mesmo tempo conseguir um marido para Rute e recuperar as terras de seu marido falecido.
Rute segue os conselhos de Noemi e escuta a orientação piedosa e sábia de Boaz; ela não tenta usufruir da situação, seduzir o homem, armar esquemas, fazer conchavos. Ela confia no Senhor e segue trabalhando, entendendo que cabe a ela fazer o que está a seu alcance e deixar que Deus cumpra o Seu plano.
Rute tem coragem de deixar claro para Boaz quais são suas intenções; ela não usa meias palavras, ela não usa de falsas estratégias; seu sim é sim, e seu não é não: “Sou Rute tua serva, estende a tua capa sobre tua serva, porque tu és resgatador”.
É importante entendermos melhor essa idéia do resgatador; Boaz era alguém que estava numa posição de cuidar de Noemi e de Rute, resgatando as terras que eram de Elimeleque. Isso envolveria nesse caso uma união matrimonial com Rute, trazendo descendentes para esta casa. Um outro homem ficou interessado na possibilidade até ficar sabendo que ia ter de casar com Rute; não gostou da idéia de ter de dividir suas posses com outra família nem de elevar o nome do morto. Passou a vez. Boaz estava menos preocupado com seu nome do que em fazer o bem e se interessou verdadeiramente por aquela mulher piedosa, trabalhadora, fiel e transparente.
O final da história é de encher o coração; Rute a moabita é agora parte do povo de Deus. Ela que nascera sem esperança humana de conhecer o Deus verdadeiro, por meio da maravilhosa teia da providência divina casou-se com um homem que a levou a conhecer Iavé. E o final do livro reserva surpresas! Rute se torna ancestral do próprio Rei Davi!
Aliás, o livro é colocado precisamente entre Juízes e 1 Samuel; um indicador de sua posição histórica; é o livro de conexão entre o complicado período dos Juízes e o tempo dos reis. E Rute é parte dessa conexão. Se isso já não fosse o suficiente, o evangelho de Mateus (1:5) mostra que Rute foi ancestral do próprio salvador, o Senhor Jesus Cristo!
Não importa a sua origem; o importante é a quem você está unida. Não importa se vens do paganismo, se nunca te ensinaram o evangelho quando criança – o importante é que se agarre ao seu resgatador Jesus Cristo que te faz parte da família de Deus. Faltava pão na casa de Pão (Belém), e Deus usou a estrangeira Rute para trazer a cabo o nascimento, naquela mesma cidade, do Pão da vida.
http://www.mulherespiedosas.com.br/rute/


segunda-feira, 10 de abril de 2017

O MENESTREL - Um dia você aprende



Depois de um tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança, e começa a aprender que beijos não são contratos, e que presentes não são promessas.
Começa aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de um
a criança; aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo, e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam.... Aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.
Aprende que as pessoas que mais te amam, são justamente aquelas pessoas que recebem o seu desprezo.
E descobre que existem pessoas tão fúteis, que são capazes de trocar uma vida inteira de amor e carinho, por um curto período de prazeres e farras.
Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendermos que eles mudam, percebe que você e seus amigos podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que a vejamos.
Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar-se com os outros, mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que ou você controla seus atos ou eles te controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.
Aprende que heróis são pessoa que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.
Aprende que a paciência requer muita pratica.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiências que se teve e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais de seus pais em você do que você suponha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes.... e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando se esta com raiva, se tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não te ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não te ame com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que perdoar a você mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que você julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não volta para trás, portanto plante seu jardim e decore sua alma ao invés de esperar que alguém lhe traga flores, e você aprende que realmente pode suportar; que a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!


William Shakespeare

De alma para alma


OS UNICÓRNIOS DA BÍBLIA!



























´´Salmos 22:21 Salva-me da boca do leão; Sim dos chifres dos Unicórnios…tu me respondeste.´´
´´Salmos 29:6 E os faz saltar como um bezerro, O Líbano e o Siriom como um filho de unicórnio´´
Versão King James inglês https://www.bibliaonline.com.br/kjv/sl/22
Algumas traduções  faz referencia a suposta existência de Unicórnios, que teriam sido relatados na Bíblia Sagrada. Esse animal é um ser mitológico que possui a forma de cavalo com um único chifre em espiral e também possui poderes mágicos.
O erro está na tradução para outras línguas. As escrituras originais mencionam nove vezes um animal pelo termo hebraico Re’ém, רֶאֵם (Isaías 34:7; Jó 39:9,10; Números 23:22; 24:8; Deuteronômio 33:17; Salmos 22:21; 29:6; 92:10).
A Bíblia Septuaginta grega trocou o termo Re’ém para “Monokeros” (mono = um | keros = corno ou chifre) dando o sentido de “um só chifre”, ou “unicórnio”.
A Bíblia Vulgata latina frequentemente traduz o termo Re’ém para “Rinoceronte”.
A Bíblia traduzida de Lutero (Luther Bibel 1545) traduz o termo Re’ém para “Einhörner” (Ein = um | horner = chifre) que também significa único chifre, ou Unicórnio.
Visto que este termo é usado amplamente nas Escrituras do chamado Velho Testamento com referência a um Touro selvagem que era muito comum nos dias do antigo Israel. O Salmo 22:21 usa a palavra re´em que é usada pelos judeus com referência ao touro selvagem e não a um animal mitológico de um só chifre. A Vulgata Latina ( Uma tradução da Bíblia para o Latim) produzida no 4º século, começou com perpetuar um erro ao verter erroneamente a palavra hebraica encontrada na Bíblia por “unicórnio”.
A palavra hebraica representada na King James Version por “unicórnio” é re’em, o que, sem dúvida, refere-se ao boi selvagem (urus ou auroques), ancestrais dos animais domesticados de hoje. O re’em ainda floresceu nos primeiros tempos históricos e alguns existiam nos tempos modernos, embora esteja agora extinto. Era uma criatura perigosa de grande força e semelhante em forma e temperamento com os búfalos asiáticos.
Salmos 29:6 Ele os faz saltar como um bezerro; ao Líbano e Siriom, como filhotes de bois selvagens. Versão Almeida foto-11 - Copia
Essa especie de Boi media dois metros de altura, pesava quase uma tonelada e tinha chifres de 1,40 metro de comprimento, foi declarada extinta em 1627, quando a última fêmea morreu nas florestas da Polônia.
Unicórnio vem da palavra hebraica re´em (רֶאֵם ‎‎), (Único Corno, único chifre).
Se está escrito, é porque existe, ou existiu.
Existe uma linha teológica que chega a ser mencionado o animal “RE’EM”, mas nunca foi achado um esqueleto que seja deste animal que seria um boi enorme cheio de carne, com único chifre. O que existe são várias figuras pintadas sobre ele.
Neste caso ficaremos como a hipótese que o tal do Unicórnio, não seja o cavalo mitológico com um chifre no meio da testa e sim o Rinoceronte.
As versões brasileiras mais recentes como a João Ferreira de Almeida já estão “consertando o problema”, trocando o termo Unicórnio por “Boi selvagem” ou “Búfalo”,  “Auroque”, ou Rinoceronte.
10691417684_7186bb86d5_b - CopiaRinoceronte Indiano possuem um único chifre
De fato não há como se saber ao certo que tipo de animal era esse algumas outras posibilidades nos remete a ideia de quem sabe se trate de um ELASMOTHERIUM
Elasmotherium
Elasmotherium_infobox -

HISTÓRIA E LENDAS

Apesar de provavelmente ter sido extinto na pré-história, de acordo com a enciclopédia sueca Nordisk familjebok, publicada de 1876 a 1957, e com o cientistaWilly Ley, o animal pode ter sobrevivido o suficiente para ser lembrado em mitos do povo Russo ou Hebreu como um touro com um único chifre na testa.
Acredita-se que o Elasmotherium deu origem ao mito moderno do Unicórnio, como descrito por testemunhas na China e Pérsia.
Ahmad ibn Fadlan, viajante muçulmano cujos escritos são considerados uma fonte confiável, diz ter passado por locais onde homens caçavam o animal. Fadlan, inclusive, afirma ter visto potes feitos com chifres do unicórnio.
Em 1663, perto de uma caverna na Alemanha, foi encontrado o esqueleto de um animal que, especulava-se, seria um unicórnio. As ossadas encontradas na Alemanha eram possivelmente de mamute com outros animais, montados por humanos de forma equivocada.
A caveira estava intacta e com um chifre único no meio, preso com firmeza. Cerca de 100 anos depois, uma ossada semelhante foi encontrada perto da mesma caverna. Os dois esqueletos foram analisados por Gottfried Leibniz, sábio da época, que declarou que (a partir das evidências encontradas) passara a acreditar na existência de unicórnios.
Fontes:  www.raciociniocristao.com.br/2015/08/a-biblia-fala-de-unicornios
https://pt.wikipedia.org/wiki/Elasmotherium_sibiricum
https://noticiasbiblia.wordpress.com/2016/02/05/os-unicornios-da-biblia/

Fatimalis e Maryah Lis

Maquiagem no transporte público

Hoje quero falar sobre uma situação muito corriqueira que vem acontecendo no transporte público: a maquiagem. É proibido fazer maquiagem no...